Número total de visualizações de página

domingo, setembro 30, 2012

Até quando?

Este sábado foi assim.

A CGTP conseguiu reunir 300 mil pessoas no Terreiro do Paço (Lisboa).

Creio que a primeira iniciativa |apartidária| teve mais impacto mas..

Até quando é que serão necessárias mais iniciativas destas para a dupla Coelho - Gaspar, verificarem que não estão no caminho certo.. para o POVO Português NÃO!
... para as restantes organizações europeias e internacionais, até estão a trabalhar bem:
- Os números são bons!
..  A que preço?!

Já agora, sou só eu que acho que este senhor devia ter cuidado quando diz.. coisas destas?

As declarações de António Borges gereram uma onde de contestação entre empresários e partidos. O PSD e o CDS já vieram reagir e criticar as afirmações de Borges segundo as quais, os empresário que não aceitaram a redução da Taxa Social Única (TSU) são «ignorantes».

domingo, setembro 16, 2012

Será...?

Pode ser que o dia 15 de Setembro seja o dia da viragem...

O dia em que nos relembramos que o Estado somos nós - Povo,
que quando é necessário até se une, mas que, quando tomado pela apatia geral, é vítima de abusos por parte do nosso dito "governo".
É bom lembrar-nos que nós somos o pilar da CIDADANIA!
Como diria esse grande politólogo, e meu ex-professor (Adelino Maltez):
- Governar é pilotar o futuro.
Estávamos a ser governados por burocratas, tecnocratas, governos de espertos mas nós não estávamos a fazer nada.

Hoje dissemos basta!
Hoje é o sinal do tempo, o começo de algo novo!
Estivemos completamente apagados em relação à cidadania.
"L'Etat c'est moi!" cidadão consciente do seu poder como elemento fundamental deste mecanismo que é o Governo.
...hoje esse conceito foi relembrado, mesmo que inconscientemente!



sábado, setembro 15, 2012

Só vou saber mais logo...

Mas o que esperar desta manif hoje?
Será que as coisas vão ficar melhores ou vai tudo ficar na mesma?

sexta-feira, setembro 07, 2012

Hoje vi..

.. o meu bom Professor Adriano Moreira na televisão :)
Será sempre o meu bom Mestre, a figura a quem uma turma inteira de piratas prestava reverência e ouvia.



Do alto dos seus 90 anos disse, entre muitas outras coisas:
- Tenho pena de os deixar a viver num período tão terrível da vida portuguesa e penso que já não terei anos para os ajudar a enfrentar esta adversidade. Isso começa, de facto, a amargurar-me.

É verdade, meu bom professor, mas seremos fortes, nós e os seus filhos.

Seja muito feliz e não abandone a sua luta.

 " A História não pode ocupar-se de todos nós e eu acho que não tenho nada que justifique que a História se preocupe comigo."

A História ainda está a ser escrita e o Professor  não julgue que nós o dispensamos daqui :)