Número total de visualizações de página

sábado, abril 30, 2005

Have you missed me? Bina Ladina is back!

Saudações queridos leitores e comentadores deste meu blog ao abandono.

Mais uma semana que passa e os senhores da Assembleia da República sem enviar a carta assassina... a notificação da avaliação da primeira eliminatória.
Talvez demore mais 1 ano a ver as provas dos 200 candidatos que fizeram a primeira prova.
"Mas o teste não era tipo Americano?"
Era, mas isso não quer dizer que os senhores tenham tempo e paciência para os corrigirem, ou melhor, verificarem se as cruzes estão no sítio correcto.

Entretanto acabou oficialmente a minha a época de IRS.
Depois destas coisas todas, até podem não acreditar mas, fiz as pazes com a outra antipática das finanças.
Eu até lhe desejei um bom fim de semana e tudo!
Até eu fiquei admirada comigo, acho que estou a conseguir evoluir como pessoa e até tenho hipótese de ser decente neste mundo.
Esta semana foi mesmo um excesso de trabalho, na quinta-feira quando eu estava a rodar a chave do gabinete para ir para casa, apareceu uma pequenita, a Verónica, com a mãe a pedir para entregar o IRS e eu não fui capaz de dizer que não mesmo sendo 19h.
Um conhecido meu diria: "És dona da agência para andar a fazer esse esforço todo?".
Não, mas tenho um certo brio profissional e gosto de tratar as pessoas como gostava que me tratassem - BEM!

Mas há um assunto que não me sai da cabeça e que me tem atormentado.
É um verdadeiro trauma. A queda de um mito, o fim de um herói da minha infância.
O Monstro das Bolachas agora não devora bolachas????
Eu passei a minha infância a rir-me com a gula daquele boneco dos Marretas.
A Gula do Monstro das Bolachas, a loucura do grande baterista Animal, o Cozinheiro, os velhos rabujentos, o sapo Cocas, e a fabulosa Miss Piggy... Enfim todas as estrelas do Muppet Show :)
Esta viragem na carreira do "Cookie" (como é conhecido nos países anglo-saxónicos) foi uma desilusão muito grande.
Sei que a ideia até é positiva, afinal não sou só eu que tenho o Monstro das Bolachas como referência.
Mas como é que a mudança de dieta do Monstro das Bolachas vai influenciar - visívelmente - a taxa de obesidade infantil?
Como é que o "Cookie" pode competir com o Ronald Macdonald?
E ainda mais, vão ter que o rebaptizar, ele agora já não diz que as bolachas são deliciosas.
Recomenda vegetais e coisas saudáveis..
E qual será o nome?
Monstro da Alface? Monstro dos Tomates? Monstro dos Vegetais?
Enfim...
Esta campanha do politicamente correcto, ou politicamente saudável, começa a ser ridícula.
Não atacam as verdadeiras razões para a má nutrição e obesidade porquê?
Talvez sejam monstros demasiado poderosos, tão poderosos que obrigam o Monstro das bolachas a comer vegetais....

Enfim, tenham um grande fim-de-semana que eu vou fazer por isso :)

beijinhos e abraços para todos os visitantes deste espaço de partilha de opiniões, sim porque: Opinar é Viver!

P.S. Obrigada Olga por seres tão querida e responderes ao meu desafio, assim se vê a força das Mulheres com "M" grande :D

domingo, abril 24, 2005

11 Regras que não aprenderão na escola

Boas noites caros amigos leitores e comentadores do blog da terrorista mais pacífica daqui do bairro!

Recebi isto hoje da minha amiga Graça e simplesmente tive que dar a mão à palmatória:
- Sad but true!

... Podia ser má e podia ter dito antes que "os fulanos que escreveram isto para o Bill Gates mereciam uma estátua!"
Se formos isentos, teremos que dar razão, muitos destes conselhos são a mais pura verdade, seja ela dita por Bill Gates, Deus, Maomé, o Papa, ou o Diabo!

Sem mais me despeço com um grande bem-haja e desejos de uma continuação de um bom fim-de-semana alargado :)

_____________________________________________________


Aqui estão alguns conselhos que Bill Gates recentemente deu numa conferência
numa escola secundária.
Muito conciso, todos esperavam que ele fosse fazer um discurso de uma hora
ou mais... Bill Gates falou em menos de 5 minutos, foi aplaudido mais de 10
minutos sem parar, agradeceu e foi-se embora no seu helicóptero (não estavam à espera que fosse por ter pressa para apanhar o autocarro!)...

Regra 1
A vida não é fácil, acostumem-se a isso.

Regra 2
O mundo não está preocupado com a vossa auto-estima.
O mundo espera que vocês façam alguma coisa útil por ele ANTES de vocês se
sentirem bem convosco próprios.

Regra 3
Vocês não vão ganhar 5.000 EUR por mês assim que sair da Universidade. Vocês
não serão directores de uma empresa com carro e telefone à disposição antes
de terem conseguido comprar o vosso próprio carro e telefone.

Regra 4
Se vocês acham que os vossos professores são rudes, esperem até terem um
Chefe. Ele não vai ter pena de vocês.

Regra 5
Vender jornais velhos ou trabalhar nas férias não está abaixo da vossa
posição social. Os vossos Avós têm uma palavra diferente para isso: eles
chamam OPORTUNIDADE.

Regra 6
Se vocês fracassarem, a culpa não é dos vossos Pais. Por isso não os culpem
dos vossos erros, aprendam com eles.

Regra 7
Antes de vocês nascerem, os vossos Pais não eram tão críticos como agora.
Eles só ficaram assim por pagar as vossas contas, lavar as vossas roupas e
ouvir vocês dizerem que eles são "ridículos". Antes de quererem salvar o
planeta para a próxima geração, desejando consertar os erros da geração dos
vossos Pais, tentem limpar o vosso próprio quarto.

Regra 8
A vossa escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores,
mas a vida não é assim. Em algumas escolas vocês não chumbam mais de um ano
e têm tantas chances quantas vocês precisarem até acertar. Isto não tem NADA
a haver com a vida real. Se pisarem o risco, são despedidos... Façam bem à
primeira !

Regra 9
A vida não é dividida em semestres. Vocês não terão sempre os verões livres
e é pouco provável que os outros empregados vos ajudem a cumprir as vossas
tarefas no fim de cada período.

Regra 10
A televisão NÃO é a vida real.
Na vida real, as pessoas têm que largar o "bar" ou a discoteca e ir trabalhar.

Regra 11
Seja simpático com os "estudiosos" - aqueles estudantes que muitos julgam
que são uns idiotas. Existe uma grande probabilidade de vocês virem a
trabalhar PARA eles um dia.

terça-feira, abril 19, 2005

Memorizar Livros

.... Quem poderia ter enviado esta corrente para eu postar aqui no meu humilde espaço...

Só podia ser o sr. Invisible!
E ao contrário desse jovem, eu não me perguntava "quando é que chegaria a minha vez." e dizia antes "ninguém se lembrou de mim :("
Mas não podia permanecer no esquecimento para sempre.
Obrigada F. por me libertares deste trauma, assumo que já me estava a martirizar.

Não podendo sair do contexto de "Fahrenheit 451", que livro gostarias de ser?

Bolas!
Sou mesmo uma ignorante.
Não vi nem o filme nem li o livro.
O Fahrenheit que vi era outro: Fahrenheit 9/11
Mas não divagando mais o livro que eu gostaria de ser "No One gets out alive" de Danny Sugerman, Jerry Hopkins.
Sim é verdade, desde os meus tempos de adolescente que venero Jim Morrison - o meu quarto foi um templo de culto ao falecido James Douglas.
Entretanto fui crescendo (pouco em altura e em juízo) e até conheci um sagitário que, partilhava de uma certa semelhança física com o Jim em fim de carreira (barriga descaída) e como o falecido Jim, tinha uma tendência crónica para a infidelidade, drogas e outro tipo de aventuras menos aconselháveis.
Seja como for, enterrei os meus sonhos de pita mas gostava de ter uma vida preenchida e louca como só era possível naquela altura.

Já alguma vez ficaste apanhadinho(a) por uma personagem de ficcção?

Apanhadinha não fiquei mas tinha uma certa curiosidade em conhecer o Zézé do "Meu pé de Laranja-Lima" do José Mauro de Vasconcelos, esse menino que todos faziam de bode espiatório e no fundo era apenas um menino doce e sonhador.

Qual o último livro que compraste?

Globalização - A Grande Desilusão de Joseph Stiglitz....Mais um livro técnico de um assunto que gosto muito

Qual o último livro que leste?

Teoria das Relações Internacionais - Adriano Moreira
Tive a reler a "bíblia" do meu curso e relembrar-me de uma data de coisas que já me tinha esquecido e tive que relembrar "à força".

Que livro estás a ler?

O Código de da Vinci de Dan BrownEsta é a minha milionésima tentativa, vou no terceiro mês consecutivo que começo a ler mas desta é de vez!Então agora que serviu para rescuscitar os "Savonarolas" da Santa Sé, fiquei mais curiosa.

Que livros (cinco) levarias para uma ilha deserta?

Livros para uma ilha deserta, se fosse companhia comida mas livros, é para me condenar a morrer à fome de certeza!..
- O código de da Vinci - assim não tinha fuga e tinha mesmo que ler o livro senão morria de tédio mais...
- Crónica do Rei Pasmado, Gonzalo Torrente Ballester
- Meu Pé de Laranja Lima, Jose Mauro de Vasconcelos - para um momento de doce nostálgia
- O Mundo de Mafalda - simplesmente adoro a Mafaldinha do grande Joaquin Lavado aka Quino - Livro em Branco - Porque eu também tenho de escrever, para mim Escrever é Viver!

A quem vais passar este testemunho (três pessoas) e porquê?
Para o Melga, este rapaz é um Iceberg de sabedoria e cultura - só mostra 10% do conhecimento que tem
Para a Olga que tem Simples - mas grandiosas - Opiniões
Para alguém que precisa de um bom pretexto/incentivo para fazer um Post, o moço mais mudo da Bloguesfera: MAGNIF!

segunda-feira, abril 18, 2005

Um degrau...

Saudações caros amigos leitores e comentadores deste meu humilde blog!

O meu destino quanto à Assembleia da República, já está traçado.
Na passada sexta-feira subi os degraus do imponente Palácio de S.Bento e fiz a prova escrita de acesso ao estágio...
Eu e mais 200 candidatos subimos a escadaria para a 1ª prova de acesso a 2 lugares!!
Foi interessante.
Encontrei colegas de curso com a mesma sorte que eu, outros com menos mas todos desiludidos com o nosso presente.
... Tanta esperança, tantas expectativas e ainda sem um futuro seguro.

40 perguntas estilo teste americano, 2 perguntas de desenvolvimento, e 2 horas depois, quais eram as minhas conclusões:
- Dos 200 que lá estavam cerca de 10 desistiram passado 5 minutos!
Ao menos podiam tentar mas nem se sentiram capazes de arriscar :(
- Muito mais de metade dos presentes eram do sexo feminino.
As mulheres continuam a lutar pelo reconhecimento que não é assim tão fácil de alcançar pelo menos na área de Relações Internacionais.
- Que não seja mais um concurso público!
... Caracterizado pelo desperdício de tempo dos muitos candidatos uma vez que os dois lugares já estão destinados a 'alguém' que já sabia quantos artigos tem a Carta das Nações Unidas.

O 'sistema' é composto da mais imunda corrupção mas há que ter esperança.
Uma esperança como a que tenho de um dia acertar na chave do Euro Milhões...
Não me venham com estudos probabilísticos porque senão ninguém jogava em concursos!

Que sera, sera...
Whatever will be, will be,
The future's not ours to see,
Que sera, sera...



s.bento

quarta-feira, abril 13, 2005

Pensamento

:)


...Antes de me darem uma carga de porrada psicológica (devias estar a estudar gaja!), queria agradecer ao meu amigo P.Janeiro este brilhante pensamento que achei que era bom partilhar com todos vós meus queridos leitores e comentadores.

Depois, gostava de dizer que tinha de parar um bocado senão dava em doida.
É que o papel da Santa Sé nas Relações Internacionais é muito interessante mas só voltou a ter relevo/interesse com o Reinado (esta mania ainda me vai lixar o exame).. Papado de João Paulo II.

Pronto!
Tenho dito!
... boa noite!

terça-feira, abril 12, 2005

Falta pouco!


É verdade caros amiguinhos....
Quanto mais se aproxima a data mais socrática eu fico - "Só sei que nada sei!"
Alguém sabe alguma receita milagrosa para "decorar" matéria de 4 anos de licenciatura?!
É que eu não consigo :(
É que eu desejava mesmo aquele efeito 'marrão' - só se sabem as coisas até fazer o teste, depois o cérebro faz um RESET.
Enfim, enfim...
Não há-de ser nada.

Esta semana ainda não fui fazer nada ás finanças.
Isto é doentio mas tenho um desejo sádico de ir lá entregar um IRS de um estrangeiro.
... Na verdade eu queria ir lá só desejar boa semana aos senhores da Tesouraria.
Aos 'Dupond et Dupond".
São dois e têm o mesmo primeiro nome. São mesmo muito parecidos e, ao contrário das colegas do 3º andar, são adoráveis!
Se eu aparecer lá com o meu típico arzinho de "Não percebo nada disto" eles ajudam sempre :)
Se não fossem eles, dizia que não havia NINGUÉM de jeito naquela repartição de finanças.
O que vale é que existe sempre uma excepção à regra.

Agora vou para a minha pesquisa sobre a Constituição Europeia.
Agradecia então as vossas sugestões sobre M.A (marranço aplicado).

Beijinhos e abraços aos meus caros amigos leitores e comentadores do blog em stress pré-exame.

quarta-feira, abril 06, 2005

Adivinhem lá!

Adivinhem quem já não pode olhar para a Constituição da República Portuguesa!

Boas tardes!

A data vai ficando cada vez mais próxima e eu proporcionalmente irritada.
Não vou ter direito ao dia antes do exame e estudar que é bom só tenho conseguido nos transportes públicos quando vou e venho do trabalho.
Mas isso não interessa....

Ontem foi o dia limite para a entrega -pela internet- da primeira fase do IRS.
Ontem também vi como a a criatura das finanças consegue ser imensamente estúpida para os desgraçados dos contribuintes.
Mais um dia como outro qualquer, mais uns quantos IRS para entregar e apenas 4 pessoas à minha frente.
Dessas 4 pessoas, 3 eram velhotes.
4 pessoas, 4 IRS que voltaram para trás.
Faltava sempre qualquer coisa:
- Quero o comprovativo;
- Quero o atestado de residência;
- Quero a ordem do tribunal
Quero, quero, quero!

Eu simplesmente não entendo.
Será que a repartição de finanças tem alguma sanção se não vir todos os documentos?
E já agora, será só aquela que tem sanções?
É que se não me receberem ali o IRS, vou a outra repartição e lá não vejo este excesso de zelo..
Mas não sei nada.
Estou a ser vitima de uma grave influênca filosófica Socrática:
- Só sei que nada sei!

Até logo!

domingo, abril 03, 2005

Guess who's back!

Cá estou eu outra vez :)

Vamos ver se desta vez não voltam a acontecer 'problemas técnicos' porque andar 1 semana sem ligação à net é uma sensação estranho.
É uma das novas realidades que há uns 10 anos simplesmente era desconhecida para mim - o stress de não ter ligação à net!
Mas não importa, já está tudo resolvido, e obrigado Luis por teres salvo o meu PC :)
... sim porque, ao contrário de outras experiências que tive no passado com outros senhores que tratam de computadores, a perda foi mínimo!

Então depois de quase 1 semana fora das lides do Brams o que é que se passou de relevante?

- O Papa morreu ontem dia 2 de Abril de 2005-
Como se diz em inglês, Rest In Peace, já cumpriu a sua parte aqui deste lado, que tenha agora o seu devido descanso porque nós que ainda estamos cá deste lado, vamos continuar a nossa luta diária.

- Fui convocada para um concurso público de ingresso (tchan tchan tchan tchan!)...
Na Assembleia da República :D
Ao fim de 1 ano fui chamada para fazer o exame escrito de conhecimentos, facto que deixou o meu 'chefe' deveras agitado.
Sim é aborrecido ficar sem a minha colaboração ali no gabinete mas valores mais altos se levantam, nomeadamente monetários ;)

Se tiver sorte e superar todas as provas, vou sentir falta dos meus novos amigos de lá mas acho que os que me querem bem vão ficar felizes por eu conseguir integrar o funcionalismo público de alto nível.

Mas como diria a minha avó de Viseu:
Não contes com o ovo no cú da galinha!
... traduzindo para os politicamente púdicos, tenho que me esforçar e estudar senão não há Assembleia para a vossa amiga!

Então até já e continuação de um bom fim-de-semana para todos vós

A vossa amiga terrorista a preparar a invasão da Assembleia