Número total de visualizações de página

quinta-feira, dezembro 30, 2004

Será o Fonseca um Fedorento?

Bem haja para todos vós queridos amigos, leitores, comentadores do blog da desgraça!

Parece que este ano de 2004 vai acabar de uma maneira trágica para os lados da Ásia.
Eu acredito n a teoria do equilíbrio natural de Gaia.
Quando a natureza começa a sentir-se muito sobrecarregada acontece algo para reestabelecer o equilíbrio natural, mas isto é a vertente ambientalista da vossa Bina Ladina que pouco interessa.

O meu Natal, para quem se interessar, foi a dramédia de sempre comigo sem sair da cozinha e com a minha avózinha muito crente sempre a balbuciar heresias pouco católicas.
Depois como não poderia resumir-me a um simples Natal, cá em casa não somos diferentes do resto do país e tivemos direito a um Natal de crise.
Passados uns dias, fiquei mais velhota, é verdade, já conto com 28 crises, ou 28 primaveras, ou o termo que mais preferirem juntamente com o número 28.

O bom do meu namorado, ofertou-me algo muito lindo nesse dia.
O DVD - GATO FEDORENTO - Série Fonseca.
Série Fonseca????????
O nome da série levantou-me umas quantas questões:
- Será que os actores têm um sobrenome Fonseca?
Não!
Eles chama-se Miguel Góis, Tiago Dores, Ricardo Pereira e Zé Diogo Quintela.
- Será que conhecem algum 'cromo' chamado Fonseca e decidiram homenagear tal figura caricata?
Pois...
Esta não tem resposta... Ainda ;)
Mas uma coisa é certa, todos os Fonsecas que passaram pela minha vida deixaram um rasto de comédia.
Sim, até eu conheço um Fonseca muito engraçado e de atitudes maduras e coerentes.
É aquele típico rapaz que aparece aos amigos quando convém, ou quando se chateia com as namoradas, depois quando está tudo bem volta a desaparecer até reaparecer em altura oportuna.
Mas se esse meu amigo, por acaso, encontrar este meu mui humilde blog, era só para lhe agradecer a lembrança do meu aniversário.
Fica bem lembrar os aniversários das amigas, mas tem cuidado que eu agora sou má e feia para os meninos que se portam mal!
Não sou nada, só para aqueles meninos que têm ataques de má educação e não respondem a mails ou sms's :P

Espero que tenham um bom ano de 2005 com tudo de bom que o ano 2004 não teve.
E já agora, peçam emprestado a alguém o DVD do Gato Fedorento que está muito giro.

Desejos de festejos bombásticos

a vossa
Bina Ladina

serie_fonseca

quarta-feira, dezembro 22, 2004

Dúvidas natalícias

Nestes dias frios que precedem o Natal, sou assaltada por umas dúvidas.
Se existe coisa que me irrita solenemente, é a hipocrisia.
Nesta data parece que é o que mais se usa, isso e os pais natal a subir pelas paredes .
Durante os restantes 11 meses do ano, temos os mentirosos profissionais, os políticos, por exemplo.
Agora aparece uma nova gama de pessoas que gostam de parecer muito boazinhas
Eu sou igual durante todo o ano.
Quem gosta, gosta, quem não gosta que o diga, se for capaz!
Não preciso de um calendário para dar a mão a quem precisa, não careço de uma igreja para me ensinar a proceder bem com as outras pessoas, não é um Deus “castigador” que me impede de fazer o que acho correcto, não preciso de coisas exteriores para conduzir a minha vida.

Mas nesta quadra, só vejo por aí frases feitas, sem qualquer pingo de verdade.
Oiço por todo o lado desejos de Bom Natal porque até fica bem, e durante o resto do ano, ninguém sequer sorri e diz “obrigado” a quem nos serve a nossa refeição.

Mas ao que parece, eu estou errada, e assim é que sobrevive no mundo.
Ser sacana, arrogante, olhar só para o umbigo e descartar quem não nos favorece, ou beneficia.
Parece que é mesmo assim que se sobrevive.

E como é que se VIVE?

terça-feira, dezembro 21, 2004

Procura-se!

Saudações natalícias amigos leitores e comentadores!

E quando eu pensava que o nosso governo demissionário ia encerrar para balanço, eles voltam a atacar.
Ás 13.00 o nosso ex-Primeiro e o amigo Feliz vieram falar novamente com "as portuguesas e portugueses".

Desta vez vieram anunciar que andam à procura de uma solução para controlar o défice.
O nosso amigo Bagão Feliz andava a esfregar as mãos de contente que conseguiria travar o fantasma do défice com as suas brilhantes, ao contrário da sua antecessora Ferrenha Leite.
Mas o tiro saiu pela culatra, o Eurosta ontem chumboa a medida da cedência temporária de imóveis do Estado a privados.
O Eurostat considera que a operação de "lease-back", em que os prédios seriam cedidos a privados durante alguns anos, não pode ser contabilizado no défice do Estado.
Muito resumidamente, não vai ser por esticar o tapete que não se vai ver o tamanho do buraco que os senhores não souberam tapar.

500 milhões de Euros é mesmo muito dinheiro.
Como é que o governo vai arranjar esta quantia em menos de 1 mês?
Agora é que o Bagão Feliz pode sacar da sua varinha mágica.
Mas como o senhor está demissionário não está a conseguir colabora muito em arranjar uma solução rápida eficaz para este problema.

Eu como cidadã pragmática tenho uma solução:
- Todos os senhores do governo PSD/PP podem apostar no Euro-milhões.
Pode ser que tenham mais sorte ao jogo do que no governo.
"- Não é assim que se diz! Não é no governo, é sorte ao Amor!"
(Pois, deve ser assim mas eu estava a tentar enquadrar o provérbio à situação, ó gente mais mesquinha....)

Mais um ano que o Pacto de Estabilidade e Crescimento não vai ser cumprido.
Desta vez vamos ter sanções mais graves, só ainda não sei quais.
O Bagão Feliz é que não se está pelos ajustes.
A solução do problema é difícil, mas identificar um possível causador è mais fácil.

"Na edição desta terça-feira do Diário Económico, o ministro das Finanças afirma que o Governo optou pela solução de aluguer de imóveis do Estado em contraponto à venda efectiva e posterior arrendamento, porque os dois bancos escolhidos para liderarem a operação, a Caixa Geral de Depósitos e o BPI, tentaram renegociar o contrato quando o Governo ficou na frágil situação de gestão. "

Está identificado o causador dos danos, e a solução para o problema?
Procura-se!

Já agora que enviem uma proposta a um sultão do petróleo, pode ser que dê dinheiro por alguma coisa nossa.
Será que as professoras não colocadas em Portugal não estariam interessadas em trabalhar um ano como Odaliscas para o sultão e respectivos amigos?
Acho que não.
Mas era para um bem maior.
Até eu ia para lá mas só eu não vou salvar o défice, também não sou assim tão.. competente!

Fora de brincadeiras de mau gosto, preparem-se que das duas, uma:

- Ou o governo estende a mão à caridade - pedir a todos os cidadãos portugueses para contribuírem com 1 Euro, mas só um Euro não dá tem de ser mais - somos só 10 milhões, mais coisa menos coisa.
- Ou o próximo governo tem já um novo argumento para não fazer nenhum - os senhores que foram embora, deixaram o nosso país nu, nem a tanga nos deixaram!

Não sei bem porquê mas inclino-me mais para a desculpa do novo governo.

Se não nos virmos antes,
Bom Natal

A terrorista de serviço
Bina Ladina

quarta-feira, dezembro 15, 2004

Dividir para conquistar?

Boas tardes amigos leitores e, comentadores do blog da desgraça natalícia.

Então aquilo que eu senti o outro dia não foi o ataque das toupeiras olisiponenses, foi mesmo um pequeno sismo.
Sabiam que estes pequenos sismos são inofensivos e até saudáveis?
O seu propósito máximo é libertar a pressão da camada terrestre, ou seja, previnem a ocorrência de verdadeiros sismos.
Outros sismos têm afectado o nosso quadradito à beira mar plantado mas este parece ter sido o mais fraco em relação aos outros!
Ele é sismos futebolísticos, sismos políticos, sismos económicos mas o único sismo real, poucos sentiram.
... E eu é que sou a insensível...

E por falar em ocorências no cenário nacional...
Pelas últimas informações divulgadas nos meios de comunicação, PSD e PP vão concorrer às eleições legislativas com listas separadas.
Concorrem separados mas depois está já organizada uma coligação pós-eleitoral.
Porque raios isto me parece mais uma das típicas jogadas dos meninos mimadinhos da direita?
Provavelmente porque é mesmo isso!
Nas últimas eleições para o parlamento europeu a coligação "Força Portugal" teve resultados que ficaram muito aquém das expectativas da Direira.
Os senhores do PSD não são parvos de todo e, viram que assim não teriam grandes resultados nas legislativas, o que não trazia muitos benefícios aos bolsos dos senhores.

Afinal, será que, boa parte do povo português lembra que quem esteve na frente do governo do nosso país foi a Direita.
Pior que isso, um partido como o CDS/PP ficou com os ministérios chave, conduzindo o país à crise em que nos encontramos.
"- Estás a ser muito injusta! As condições da conjuntura internacional também não ajudaram!"
É verdade que, num mundo globalizado como o nosso, o efeito dominó na Economia é uma constante mas... E o resto da Europa que aos poucos se reergue?
Parece que disso ninguém fala.

Vamos ver se o povo português caí nesta jogada..
Pode ser que sim, pode ser que não.
Eu vou votar.
Em que partido? Não digo.
Afinal o voto é secreto. Até o PC aboliu a eleição de 'braço-no-ar', por isso.
Vou primeiro ouvir o que têm para me dizer.
É certo que a torrente de demagogias e salvadores da pátria vai alargar mas eu tenho a minha capacidade de julgar apurada.

Vou fazer mais uma cobrança difícil que é esse o meu grande trabalho para o resto da tarde de hoje :)
Ou pagas, ou levas com um atentado terrorista em cima, depois não digas que eu sou má!
Ah pois é...
Tás a querer meter-te com quem?!
Eu sou a Bina Ladina e quero o dinheiro, JÁ!

segunda-feira, dezembro 13, 2004

Afinal quem é que manda aqui??

Boas tardes amigos, leitores e comentadores do blog da desgraça.

Depois do nosso 'Almighty' ter falado à nação sobre a dissolução do governo, na sexta-feira à noite, aconteceu uma típica cena de conto natalício..

"Era sábado de manhã quando começaram as movimentações pelos lados da sede do PSD.
Os senhores foram todos chamados pelo menino mimado lá do sítio.
Parece que o outro menino o mais poderoso lá do sítio, tinha dito as razões para afastar da alegre brincadeira os meninos do PSD/PP que com ele brincavam à cerca de 4 meses.
"-Que situação insustentável, injustificável, que.... seilá!"
O menino mimado entrou em estado de birra mas como tinha de manter a postura de líder do grupinho, reuniu todos os meninos lá em casa para anunciar a sua decisão genial:
- Assim já não brincamos mais aos políticos! O Jorguinho foi mau para nós, agora que brinque com os outros porque nós já não brincamos mais!!
É claro que o menino Jorginho estava perfeitamente a borrifar-se para estas coisas.
Ele até tinha convidado estes meninos do PSD/PP para brincar mas os senhores mais sábios e velhinhos avisaram que aqueles meninos não eram boa companhia de brincadeira.
O Jorginho como rapaz de bom senso, achou bem afastar-se daquele grupinho, ou melhor, afastar aquele grupinho.
E assim foi...O menino Jorginho foi feliz e os meninos maus e mimados desataram a fazer birra e a chamar nomes feios ao menino Jorginho.

Moral da história:
Os cães (os meninos birrentos) ladram, e a caravana( Jorginho 'Almighty') passa!
Perceberam a ideia não perceberam?Ainda bem!

Acabei de sentir um tremor de terra!
Ou isso, ou as fundações aqui do prédio foram atacadas por todas as toupeiras de Lisboa...Bem também pode ser um ataque terrorista de resposta a uma ameaça que eu fiz à uns tempos a uma certa menina.
Mas não.
Parece que foi mesmo um sismozinho.
Tou safa... desta vez!

Desejos de boas compras para o vosso Natal porque eu vou ter que me resumir ali à loja do €1,75 (antiga loja dos 300) ou à do Chinês ali do lado.

A vossa terrorista de serviço
Bina Ladina

quinta-feira, dezembro 09, 2004

Sarnento vs Sampaio

Saudações caros amigos leitores e comentadores do blog da desgraça!

Tenho andado um bocadinho afastada aqui das lides do blog mas, não pensem que tenho andado este tempo todo a comemorar, as minhas comemorações não foram assim tão prolongadas porque há que lembrar que todas as boas notícias podem ser maçãs envenenadas.Ou mais resumidamente, não acredito muito na mudança imediata da nossa situação, por isso, prefiro manter uma posição de reserva sobre o futuro.

Quem parece não estar muito contente com a decisão do nosso 'Almighty' é o Ministro de Estado.Ao que parece dizer numa entrevista publicada hoje no Diário Económico, o Ministro Sarnento diz:

"Considerando que a decisão do PR «representa uma alteração da configuração da relação de poderes, tal como está escrita», o ministro de Estado não tem dúvidas em afirmar que «exemplos destes mostram que ainda não atingimos a maturidade. Do ponto de vista da democracia, são sinais de imaturidade de regime». "

Seria mais maturo para a Democracia manter o (des)governo?
Provavelmente seria, especialmente para os senhores Ministros que agora vão ficar privados dos salários principescos que auferem à conta dos contribuintes. Pior que isso, os pobres senhores não vão ter direito ao aumento anual.Um aumento que nada tem a ver com os aumentos que a classe média trabalhadora por conta de outrem.Mas o senhor Ministro não fica por aqui.

"Morais Sarmento refere que a decisão de Sampaio apanhou o Governo totalmente de surpresa."
Bolas Jorge!
Devias ter avisado alguém que ias dissolver o Parlamento!Isso não se faz!O que é que interessa que tenhas essa capacidade de dissolução, e que tenhas avisado que estarias atento ao desempenho deste novo governo?Parece que nada disto interessa.Na minha perspectiva isto tem um nome - Mau Perder!
Mas a declaração que eu achei bombástica foi a seguinte:

"O Ministro de Estado revela ainda que Santana tinha ponderado demitir-se depois da saída de Henrique Chaves: «Na conversa que tivemos, na análise das diferentes alternativas de iniciativa do primeiro-ministro, colocámos obrigatoriamente todas as hipóteses».
Mas Morais Sarmento e Santana concluíram que só a substituição de Henrique Chaves era necessária."
Claro que o nosso futuro ex-Primeiro-Ministro, dominado pela sua tendência naturalmente altruísta, achava muito razoável demitir-se.Entretanto deve ter batido com a cabeça na secretária, acordou da sua sesta e, recuperou os sentidos e chegou à decisão lógica - mais vale substituir um ministro do que perder a hipótese de enriquecer mais um bocadito à conta dos contribuintes.

Hoje (quinta-feira) Jorge 'Almighty' reúne-se com os partidos e Conselho de Estado.A decisão parece estar certa e, em Fevereiro ou Março, serão realizadas eleições para decidir o novo governo.
Que seja assim.
Andar a falar com os partidos do governo, com os conselheiros da praxe, para quê?Já não era notório que todos estavam descontentes com esta trapalhada?E não era só a típica oposição, eram figuras de peso na vida política portuguesa como Cavaco Silva, Mário Soares, Diogo Freitas do Amaral, entre outros.
Agora vamos ver que mais o nosso 'Almighty' nos reserva.

Quanto a mim, vou desafiar a minha paciência nas Finanças eu que agora passei a ter a pasta das (deslocações às) Finanças.

A vossa terrorista

Bina Ladina