Número total de visualizações de página

terça-feira, novembro 30, 2004

Aconteceu!!!!

É Natal!!

Eu hoje quando ia para o trabalhito vi que a malta tinha toda as bandeiras nas janelas, mas como não creio que o meu blog tenha tanta audiência, apenas sorri com a minha brincadeira que falei no post de ontem.
Hoje quando cheguei a casa e ouvi a notícia eu só disse:
- É mesmo Natal!!

Até posso ter apanhado uma grande molha quando vinha para casa mas nada disso me aborreceu porque percebi que finalmente o nosso Jorge 'Almighty' foi tocado pela tal iluminação divina!

Só espero que não aconteça uma desgraça com o novo governo a desperdiçar a oportunidade de nos salvar desta crise hedionda.

Vou comemorar!

Comemorem também porque o que eu digo acontece!!!!

a terrorista convertida ao pacifismo

Bina Ladina

segunda-feira, novembro 29, 2004

Mais um episódio desta comédia dramática que é o Governo

Saudações, caros amigos, leitores e comentadores do blog terrorista!

Diz o povo: "zangam-se as comadres, ouvem-se as verdades!".
Ao que parece este governo tornou-se mesmo num conjunto de "comadres" e "compadres" com as candeias às avessas e a ver se estragam a vida uns aos outros.
A situação estava toda muito bem até o nosso (ainda) Primeiro-ministro ter decidido proceder a uma pseudo-reestruturação do governo.Morais Sarnento passou a ser o super-ministro e o amigo Henrique Chaves passou a ser um mero Ministro do Desporto. O amigo ficou aborrecido e bateu com a porta!
Para ajudar à situação, o antigo terror do Primeiro voltou a expressar opiniões em praça pública, ou melhor, o professor C.Silva fez umas declarações para o jornal Expresso que não cairam nada bem ao fraco estômago do Jorge (que já foi mais) "Almighty".
Toca de chamar o menino Primeiro Ministro para um pequeno-almoço para prestar explicações.

Toda a imprensa e órgãos de comunicação social ficaram a saber apenas que, quarta feira há mais!
Ou seja, daqui posso elaborar toda uma teoria das minhas.
Será que o Jorge já está a ficar farto destas refeições à pressão por causa de trapalhadas do governo?
O Veto presidencial à Central de Informação pode indiciar um pouco dessa saturação.
Eu espero que uma iluminação divina tenha atingido a testa do nosso Presidente, que até pode estar com vontade de dar uma prenda ao nosso povo e convoca eleições antecipadas.
Não que eu acredite muito nesse símbolo de publicidade da maior empresa de refrigerante norte-americana mas...
Estamos tão perto do Natal.
Podia acontecer um milagre nacional, não acham?

Quem estiver a favor do milagre de Natal que levante o braço!
Melhor ainda!
Quem estiver a favor do milagre presidencial de Natal que coloque uma bandeirinha na janela!Podem aproveitar as bandeiras do Euro e tudo, eu não me importo.
É quase Natal! Que venha o milagre presidencial :)

Hoje também não podia acabar o meu post sem dar os parabéns ao meu amigo Magnif que completa 32 Invernos.Podiam ser Primaveras mas como ele agora anda armado em Presidente de um clube de Futebol do Norte para um canal de televisão privado com umas iniciativas de black-out, eu desejo-lhe muitos parabéns e felicidades para a vida e para o Amor:
- Brindemos ao amigo Magnif!
- Que a tua mulher não fique viúva nem os teus futuros filhos orfãos!

A terrorista de serviço
Bina Ladina

sexta-feira, novembro 26, 2004

“Ligou para o departamento X.”

“A sua chamada encontra-se em lista de espera
Por favor aguarde.”

Boas tardes caros amigos, leitores e comentadores do meu muy humilde blog.
Acreditem, ou não, quem precisar de alguma coisa de um Ministério tem de se munir com uma boa dose de calmantes.Já se sabia que, ao contrário das empresas privadas, os ministérios não têm qualquer tipo de prémio por bom atendimento ao cliente. E quando eu falo em bom atendimento, falo em atendimento rápido, sucinto e educado.Como tal, todo o desgraçado de contribuinte que se preze tem de percorrer um longo calvário até ter a sua situação resolvida.Informação útil para o caso de necessitarem de ligar com urgência para qualquer departamento da função pública, nomeadamente segurança social e finanças:
- Nem que a vossa empresa esteja a arder - Não ousem ligar perto do meio dia!
As senhoras que durante o seu expediente normal já vos atendem depois de uma longa espera, a essa hora, pura e simplesmente não atendem!Ai como eu lembro do meu ex-chefe dizer durante a hora de almoço:- Os telefones quando tocam têm de ser atendidos, pode ser um cliente que precisa dos nossos serviços!Ao pois é....Mas no atendimento ao público fornecido pelo Estado isso parece não se aplicar.

Depois admiram-se de uma pessoa que passou a manhã toda a tentar contactar os serviços, não estar de muito bom humor.Melhor mesmo é quando, ao fim de uma manhã e boa parte da tarde, nos dizem qualquer coisa tão agradável como:
- Não podemos dar a informação por telefone.
- Então mas se eu até estou a fornecer o NIF (número de identificação fiscal), o que é que eu necessito de lhe fornecer mais para me dar a informação?
- Desculpe mas vai ter que vir cá pessoalmente.

Se eu estou a contactar por telefone é porque eu não me posso ausentar do meu posto de emprego. E depois falam, da função pública estar contra as avaliações periódicas.Essas senhoras e senhores que fazem atendimento ao público deveriam estar caladinhas. Sim porque se estivessem em muitas empresas estavam a ser monitorizadas e o seu desempenho a ser avaliado.Mas tudo bem...
Cada vez mais me convenço que Função Pública é o reino dos compadrios e dos amigos dos amigos.
Mérito?Isso é para os outros. Nós aqui deste lado não vamos mudar a velha lei de progressão na carreira, ao fim de X anos, aumento de categoria e de salário.
Pois... provavelmente os aumentos já não são como eram dantes.

Se fosse eu a dar dinheiro a estas senhoras que estão a atender os desgraçados dos contribuintes, os aumentos eram atribuídos por reclamação-informação atendida. Mas ao que parece esta função pública é uma equipa ganhadora, não é para mexer nada!

Por hoje desejo-vos bom fim-de-semana ou, para os mais felizardos, bom fim-de-semana prologado.

Cumprimentos desta vossa comentadora que vai ter pesadelos com a musica ridícula da mensagem de chamada em espera do Departamento X

Bina Ladina

quinta-feira, novembro 25, 2004

Ainda não somos muitos, muitos mil...

Mas o n.º de desempregados já ultrapassa o meio milhão!

Quem começou a fingir que trabalhava, foi o nosso velho amigo emigrado em Bruxelas: o cromo Durão!
Parece que o pobre cromo está a representar bem o estereótipo do portuguesito emigrante longe de casa - já se está a safar mas a sobrevivência não está a ser fácil
Mas como o mal do pobrezinho do cromo posso eu bem.
Não cheguei a desenvolver bem a notícia que mais importância tinha e também vinha no Diário de Notícias de segunda-feira.

Então dizia assim o artigo na edição online:
"mais de 516 mil pessoas estavam sem emprego a tempo completo"
Estamos a falar de seres humanos, de pessoas com necessidades, muitos pais de família que vão ter de passar mais um Natal sem poder oferecer aos filhos as prendas que eles merecem porque alguém achou melhor prescindir da colaboração dessa pessoa.
…E ainda existem muitas "tentativas frustradas de gente" que acham que são apenas números.
Um dia esses números podem incluí-los, mas não vou desejar mal a ninguém, nem ao meu ex-dir. financeiro que devia pensar que era médico, tanto ele gostava que as pessoas o chamassem por dr...

Mas vamos ler mais um bocadinho deste fenómeno nacional.
"De acordo com as contas de Eugénio Rosa a actual taxa de desemprego oficial passaria dos 6, 8 por cento para 9, 4 por cento."
9%?????????
Que número é este?

"O estudo revela ainda que os desempregados de longa duração (há mais de um ano sem emprego) aumentaram 39,1 por cento entre os terceiros trimestres de 2003 e 2004, mas o desemprego de muito longa duração (mais de dois anos desempregados) aumentou 67,3 por cento no mesmo período, para 94.200 pessoas."
Nem consigo comentar isto.
Será que ainda somos um país desenvolvido?

"O economista critica também o aumento de apenas 4,0 por cento nas verbas previstas no Orçamento de Estado de 2005 as questões relacionadas com o desemprego, menos de metade do acréscimo de 2004 (11,8 por cento), apesar deste problema «em Portugal continuar a aumentar de forma preocupante»."
O desemprego a aumentar exponencialmente e os senhores do governo a desinvestir e a reduzirem os meios para conseguir inverter esta tendência vergonhosa???
Quantos mais submarinos vão ter de comprar?
Quantos mais casinos e túneis inúteis iremos construir?
Já chegaaaaaaa!

E tu Jorge 'Almighty'?
Não queres mesmo saber de nós, é um facto que não precisa de mais provas.

Desde 1998 que não se verificava uma taxa tão miseravelmente alta.

O que é que o governo anda a fazer?
Está a trabalhar para nos tornarmos no país mais “terceiro-mundista” da Europa dos 25?

Desculpem lá mas até uma terrorista de renome tem falta de tempo nestes dias que correm.
São muitos atentados ao pudor e ao bom nome de jovens, não pensem que tenho vida fácil :P

A vossa terrorista

Bina Ladina

quarta-feira, novembro 17, 2004

Acreditar, ou não, na banha da cobra política? Eis a questão

Mais um dia maravilhoso de sol e muito frio.Sim meus queridos amigos, leitores e comentadores, está um dia fabuloso e eu não sei bem porquê, acordei com uma sensação estranha sensação de esperança.Depois descobri o porquê desta minha estranha sensação, quando li as notícias:

"O primeiro-ministro, afirmou na Assembleia da República que o Orçamento de Estado (OE) para 2005 é de «rigor e esperança» e feito a pensar no futuro.

É bonito ouvir coisas destas para variar, não acham?Mas depois de ter visto como este senhor muda de posição muito estrategicamente, tive que ler mais qualquer coisita.
Ora então, não vão ser pedidos "sacrifícios excessivos aos portugueses".O milagre parece estar mesmo para ocorrer a qualquer momento.Sem sacrifícios que dizer que, não vou ter que ir ás 5 da manhã para o posto médico da minha área de residência para poder ter uma consulta de urgência, vou ter um emprego com dignidade e direitos a menos de 20 km de casa, não vou ter de pagar impostos só porque sou da classe média, e as minhas parcas poupança não vão querer dizer que eu sou rica,...Ok, chega de delírio, deixa lá ver o que é que o Santo milagreiro diz mais.

"(...)o OE para 2005 é de coragem e responsabilidade, promove a transparência nas contas, o combate à fraude e evasão fiscal e o rigor orçamental."

Até parece que estou a ver todos os grandes vigaristas de colarinho branco a ser "arrecadados".
Porque é que isto me parece banha da cobra política?Deve ser por causa desta minha mania da conspiração. Pois porque o governo só está interessado no meu bem-estar e qualidade de vida.Tenho que acabo com esta mania maléfica de pôr em causa tudo o que vejo e oiço.Qualquer dia começo a achar que existem pessoas que não me falam porque acham que eu sou uma ameaça à sua integridade física, psicológica e social.Pior que eu só mesmo o Bin Laden.Por isso, a partir de hoje passo a assinar como Bina Ladina, a pior e mais pequenita terrorista portuguesa

O resto de um dia muito agradável para todos vós que não desiste de comunicar comigo.… é que se desistem, estão tramados comigo :P
Bina Ladina

segunda-feira, novembro 15, 2004

Fia-te na Virgem e não corras!

Saudações meus queridos e poucos amigos leitores e comentadores do blog da desgraça!

Hoje foi um daqueles dias cansativos que adorava que chegasse ao fim DEPRESSA!

Começou logo de manhã com uma tentativa de entrevista fracassada.
Pior que isso. Não cheguei a ter a entrevista. “Porquê?” indagam vocês…

Porque as pessoas têm uma noção, diferente da minha, do conceito de organização.
Geralmente, quando eu contactava um colega, e lhe dizia que ele tinha uma reunião marcada no dia X à hora Y, a dita reunião acontecia na data e hora marcada.
Eu achava que isto era ser organizada. Mas afinal parece que eu estou errada.

Chego ao local da entrevista 5 minutos antes para não cair no erro de chegar atrasada, e também para não pecar por chegar muito antes – caso não saibam, isso é avaliado como má gestão de tempo por parte do futuro colaborador.
Qual não é o meu grande espanto quando me dizem que não sabem de nada sobre a realização de entrevistas naquele dia, até porque as pessoas que as realizam estão todas ausentes.

Não estão bem a ver a minha cara.
Eu passei do meu sorriso simpático para a maior tromba deste mundo!

"- Eu não entendo, contactaram-me na sexta-feira a marcar a entrevista para segunda-feira às 10 horas, e afinal venho aqui perder o meu tempo?
- A menina desculpe mas isto não sou eu que trato destas coisas, foi a sra. Dra Não Sei Quantas que fez os telifonemas e não se deve ter alembrado que iam todos para o curso hoje.."

A pobre senhora tentava desculpar à força toda a instituição mas, muito sinceramente, eu fiquei com o mínimo de vontade de trabalhar com um bando de desorganizados, mas como me disse um amigo: Fazes lá falta para organizar a malta.

Para ajudar a festa, e aproveitando o meu mau-humor, o meu chefe, encarregou-me de fazer todo o trabalho externo.
Onde eu trabalhava existia um rapazinho que fazia o que eu fiz durante o dia de hoje.
Mas não faz mal, enquanto houver perninhas para andar, eu ando, eu até gosto!

Mudando de assunto, não sou só eu com paranóias e com teorias da conspiração sobre a morte do Arafat.
O médico pessoal dele também veio exigir a autópsia para determinar a verdadeira causa de morte. Eu tenho dedo para estas coisas, vocês é que não acreditavam.
Reconheço uma boa aldrabice quando vejo uma.

Isso e fiquei deveras esperançada com o congresso do partido do governo.
Eu estou a falar do partido maior não estou a falar do partido parasita que lhes garante a maioria.
…E disse o senhor líder – Já chega de sacrifícios, está na hora do país começar a crescer!
Fabuloso.

O que é que ele queria dizer mesmo?
Vão livrar-se dos parasitas?
Vão dar uma carga de porrada ao B. Feliz e exigir-lhe menos pressão sobre a classe média?
Ou será que foi só mais uma daquelas declarações demagógicas que fica bem dizer quando as eleições estão mesmo aí a chegar?

Provavelmente o melhor a fazer é seguir a sábia voz do povo:
Fia-te na Virgem e não corras!

sexta-feira, novembro 12, 2004

E agora Palestina?

Boas tardes amigos leitores e comentadores do blog da desgraça!
Não tenho tido muita disponibilidade para vos escrever com a periodicidade habitaula mas isso é um pequeno detalhe a corrigir brevemente.

Qual será o futuro da Palestina agora que Yasser Arafat foi definitivamente ‘afastado’?

Provavelmente será mais uma daquelas teorias de conspiração que eu tenho uma especial tendência para achar muito razoáveis mas, corre pelas ruas de Ramallah o boato que o líder palestiniano teria sido envenenado. Pessoalmente acho que a Mossad – Serviço secreto do estado israelita, não pode ficar isenta de suspeitas neste cenário.
Era conveniente afastar este empecilho do caminho do governo de Ariel Sharon e alguém resolveu esse problema.

Certo que a idade avançada do líder da Autoridade Palestiniana seria uma razão para o enfraquecimento das resistências e defesas naturais, mas como se explica uma súbita quebra na produção de plaquetas do sangue?
A hipótese de Arafat ter leucemia foi logo afastada pelos médicos do Hospital militar onde passou os últimos dias de vida. Mesmo o médico particular que o acompanhava referiu que não lhe havia detectado alguma doença crónica. Muito estranho, não acham?

Por exemplo, até o nosso terrível Bagão Feliz deu hoje entrada no Hospital de S. João no Porto com uma crise de Hipertensão. Mas o referido senhor já sofre há vários anos dessa maleita e, as acessas discussões de quinta-feira sobre o orçamento de Estado, ou quiçá, os fabulosos repastos ministeriais, levam qualquer hipertenso a interromper as actividades, e até a ser recomendado o seu internamento.
Eu ainda acho que o internamento de – apenas - 24 horas, é pouco, mas eu não sou cardiologista. É pena!

No entanto e, para evitar esta minha fama de paranóica, acho mais prudente deixar essas teorias sobre a morte de Arafat pelos mercados de Ramallah.

A partir de agora, este território, no Médio Oriente , constitui mais um barril de pólvora à deriva e prestes a detonar à menor instabilidade interna.
Os jovens palestinianos, já não acreditam em soluções diplomáticas, ou pacíficas para resolver esta crise Israelo-árabe. Todos os dias Hamas e Jihad Islâmica, recebem dezenas de jovens com vontade de libertar o seu povo de uma forma mais enérgica.

A própria Autoridade Palestiniana revela-se mais receptiva e maleável ás propostas de G.W. Bush e Ariel Sharon sobre os territórios ocupados. O futuro não vai ser pautado pela continuidade das posições de Yasser Arafat.

Mas apenas o tempo dirá qual será a sorte do pobre povo palestiniano.
Até mais acontecimentos, e disponibilidade para desenvolver posts gostava de enviar a minha mensagem de pesar pela morte do grande líder histórico da OLP (Organização de Libertação da Palestina) Yasser Arafat:
- Alá seja louvado!

segunda-feira, novembro 08, 2004

Ou talvez não...

Saudações caros amigos leitores e comentadores do Blog da desgraça!

Hoje já faço parte da classe que se diz trabalhadora.
Ainda não é um emprego a sério mas dá para aprender coisas tais como gerir condomínios.Eu não nasci para isso mas uma pessoa no momento actual tem de desenvolver uma capacidade de adaptação se é que quer sobreviver neste mundo.
Chega de divagações sobre o mundo do emprego!

Hoje quando vinha no caminho tinha de ver qualquer coisa interessante.Afinal, o povo português, ou no caso específico observado, cidadãos lisboetas, somos realmente muito patriotas.
Duvidam?
Quando fizerem o vosso caminho diário, para a escola, para o emprego, para qualquer lugar, observem as janelas.
Até daqui da minha secretária consigo ver as lindas bandeiras portuguesas.Numa janela, de cada rua desta nossa capital pelo menos 1 existe. É certo que algumas já têm um aspecto muito danificado, mas estão lá nas janelas a provar que naquela casa existe um bom cidadão português...

Ou será que não?
Será que as pessoas depois do Euro 2004 ficaram com as bandeiras para apoiar os atletas portugueses nas olímpiadas 2004, e mais tarde os atletas paralímpicos (a quem eu presto a mais sincera homenagem)?

Ou será que, pura e simplesmente, esqueceram-se delas lá nas varandas?Já agora são um símbolo de desagrado pela política deste governo PSD/PP que aos pouco nos leva até as últimas poupanças, porque afinal, só os ricos é que poupam dinheiro.

Talvez seja um código de uma organização terrorista a operar no nosso país, quem sabe?
Na minha modesta opinião, as bandeiras penduradas nas varandas e janelas, permanecem como um símbolo estranho à nossa cultura.
Mas tudo bem.
Eu fico mais feliz por saber que agora somos muito patriotas e que a sugestão do sr. Scolari ainda vigora.
Ou talvez não...

A vossa comentadora observadora

Letra Negra

sexta-feira, novembro 05, 2004

Guess who's back!

Afinal não era um pesadelo.
G.W. ganhou mesmo ao democrata John Kerry.
A juntar a este pesadelo Yasser Arafat, o histórico líder da OLP (Organização da Libertação da Palestina), foi declarado morto cerebralmente.

Fatalidades não podem ser evitadas e a verdade é que a saúde de Arafat estava debilitada há já algum tempo… Mas o povo norte-americano reeleger esta criatura ????

Durante os 4 anos de mandato não houve paz no mundo.
Estou a mentir!
Sim porque até acontecer o 11 de Setembro de 2001, o senhor Bush Filho andava a passear pelo país, a cavalgar pelo seu rancho, a fomentar presidências abertas e que o poder poderia ser exercido sem ser nos corredores da Casa Branca, enfim, sempre podem ver (ou rever) o filme Fahrenheit 9/11, no caso de não se recordarem como o mundo era um sítio calmo antes das cruzadas anti-terroristas.

Depois a partir daqui foi todo o efeito dominó do nosso mundo globalizado: sensação de insegurança em quase todos os países aliados da invasão do Afeganistão e da famosa guerra preventiva contra o regime de Saddam Hussein, como se ele tivesse sido autor dos ataques das torres gémeas. Pois não foi mas tinha um recurso muito apetecível para controlo de Bush Filho e seus parceiros de cruzada – OIL (Petróleo).


O famigerado Bin Laden continua a monte, mas – supostamente – veio fazer declarações a poucos dias das eleições norte-americanas, o que a meu ver, contribuiu para a reeleição do combatente Bush face ao menos defensivo Kerry.
Todo o mundo que reclamava a mudança do status quo internacional, vê assim essa hipótese adiada por mais 4 anos.

Agora pergunto eu, que sou uma mente paranóica:
- Será que estas eleições foram melhor manobradas que as que conduziram Bush Filho ao poder?
Repetir a farsa era muito arriscado, desta vez as coisas tinham que ser feitas de maneira à comunidade internacional não ficar com a sensação que tinha sido novamente enganada. Pode não se sentir enganada mas…

- Serão os norte-americanos masoquistas?
Não creio que os eleitores norte-americanos concordem com a situação de aumento de desemprego, injustiça social, e clima de insegurança que o governo Republicano oferece como continuação destes próximos 4 anos.

Já não bastavam as ajudas internas tinha que vir este nosso grande aliado dar uma ajudinha.

Tempos muito obscuros aproximam-se a passos largos e não poderemos fazer nada para os evitar. É mais uma fatalidade como o Arafat, só por dizer que ele possivelmente irá embora a tempo de assistir a este espectáculo dramático a uma distância de segurança.

Nem quero ver.

A vossa comentadora da desgraça global

Letra Negra

segunda-feira, novembro 01, 2004

Granda Cromo!

Boas noites caros amigos leitores e comentadores :)

Não fui capaz de resistir a este cromo do Coiso.

Ao que consta o Zé tá a ter uma participação marcante na União Europeia.
... Esperemos que não tenha o mesmo efeito traumatizante como cá no nosso pequenino rectângulo, como diz o senhor lá das ilhas.

E estão para breve os resultados das grandes eleições Bush vs Kerry, ou continuação da crise vs tentativa de parar esta escalada de crise mundial.

Agora vou-me pirar que acho que esta semana vou começar a trabalhar!!
Boas noites e um bom sono para todos vós!

a comentadora da desgraça

Letra Negra