Número total de visualizações de página

quarta-feira, agosto 23, 2006

A ruiva e a amiga foram jantar

Salut mes amies!
Ontem encontrei-me com uma amiga de longa data que é professora contratada.
Todos os anos ela fica longe de casa e quando eu digo longe eu não digo ser de Lisboa e ficar em Alverca. É um bocadito pior.
Nos primeiros ano ainda ficou relativamente perto (Montijo).
Depois foi à descoberta do Arquipélago dos Açores!
Lá foi ela de ilha em ilha, longe de tudo e de todos mas lá foi a Lita de malas e bagagens.
Este ano, ainda não se sabe.
… E enquanto não se sabe a colocação efectiva, fazemos jantaradas :)



Fiquem sabendo que o boneco não é assim tão irrealista quanto isso.
Os alunos de hoje foram feitos para ser aprovados sem sombra de dúvida, burros, ignorantes, mentecaptos, nada disso interessa, só a aprovação no fim do ano!
.. ou isso, ou os professores é que se lixam.
Digam-me lá…
Alguma vez uma pessoa tem vontade de passar um aluno que nem sabe preencher o cabeçalho de uma folha de teste?
Já para não falar em coisas tão absurdas como ter um pouco de boa educação para com os professores.
O que é que estamos a tentar gerar com estas políticas de laxismo?
Uma geração de ignorantes sem noção de realidade?
Se é essa a ideia falta pouco para alcançar o objectivo.
É que já não bastava a escola ser vista como fiel depósito de crianças que assim libertam os pais para o trabalho e demais actividades agora tão em voga.
Pior que isso.
Pessoas que nem conhecem os professores - nem querem conhecer - serão capazes de emitir juízos de valor e avaliações?
Já agora alguém me sabe dizer em que é que se baseiam as pessoas para efectuar esses relatórios?
No que os meninos dizem?
Fixe!
Só no meu tempo é que não havia disto senão a abécula da minha prof de matemática do ciclo tinha ido plantar batatas para a Sibéria!

Não sei mas acho que a opção da minha amiga (dar aulas para as ilhas) foi a escolha acertada.

- E não te esqueças, para a semana há mais uma jantarada!
Tu escolhes o lugar, ok?
bjiiinho

Sem comentários: