Número total de visualizações de página

terça-feira, agosto 24, 2004

Ofertas de emprego

Boas tardes leitores!

Tenho estado ausente da actividade 'bloguística' é um facto, pelo qual eu peço desculpa aos leitores mas, estou a tentar deixar esta condição de dona 'EM' casa.
Tenho procurado emprego, trabalho, qualquer coisa que me dê um rendimento decente ao fim do mês.
Ora qual não é a minha surpresa quando recebo um sms. Não, não era de nenhum amigo, nem de nenhuma amiga, e felizmente não era anónimo, como aconteceu à uns tempos - era um oferta de emprego!!
Sim confesso que fiquei algo surpreendida com o modo como fui contactada mas estamos no novo século.
Estas novas abordagens nada têm de a ver com organismos que ainda insistem em metodologias arcaicas e repressoras de regime fascista, e que insistem que o indivíduo desempregado é um marginal e não pode abandonar o domicílio.
Mas voltando á vaca fria...
Lá fui eu, no dia marcado, muito atempadamente. Odivelas, terra que desconhecia mas passei a conhecer... Como sempre perdi-me!
E lá respondi às perguntas de sempre, lá vendi o meu produto - EU, trabalhadora, dedicada, motivada, essa conversa toda..
Lá me disseram o local, as funções e depois.. depois foi o lado miserável da situação: será um contrato de 15 dias.
15 dias?!
1 semana em Agosto e outra em Setembro.. o que eu recebia nem dava para pagar o passe!
Porque é que estas situações acontecem?
Porque existem pessoas em desespero que até aceitam estas condições degradantes.

Hoje vem a notícia:

" Recuperar licenciados desempregados - Plano da ministra da Ciência e Ensino Superior. Governo pretende recuperar os 40 mil licenciados no desemprego através de cursos de especialização em áreas necessárias à administração pública, (...) A intenção do Governo é reconverter a formação inicial dos licenciados desempregados. (...) "Esta proposta articula-se com um programa desenvolvido em conjunto com o ministério das Finanças e da Administração Pública e prevê um sistema de bolsas para quem pretende reconverter a sua formação, sobretudo em áreas de que a administração pública está carenciada", refere a ministra.

Parece-me bem, esta política dos 3 R - Reconverter, Reciclar e Reutilizar. Mas os 3 R's era uma política a aplicar nos lixos, não era ... ?

Não, nem pensei que eu vou desenvolver. Deixo a notícia e a minha experiência do dia de ontem. Agora gostava de saber como é que vós vos sentis sobre esta situação.

Até à próxima aventura no reino do desemprego, a vossa sempre descontente

Letra Negra

1 comentário:

|zAiTz3v|| disse...

eu quando soube que era um "emprego temporário" pensei: "bem, sempre se podem arranjar pelo menos 3 meses"... nunca pensei que chegasse ao ponto de 15 dias... mas pronto...

quanto à reconversão de licenciados, acho uma boa medida para combater o desemprego, dado que existem cursos cuja saída profissional é muito baixa mesmo.