Número total de visualizações de página

domingo, agosto 28, 2005

Eu opino, logo existo :)

Boas noites amiguinhos e amiguinhas leitores e leitoras do blog terrorista :)

Lá se foi o fim-de-semana...
Quando estamos em excelente companhia o tempo tem destas coisas - passa depressa demais!
E como é meu costume, chego a casa e dou uma vista de olhos pelas novidades do mundo.
Em tom do prof. Marcelo R. Sousa venho hoje aqui apresentar-vos uma notícia que chegou ao meu conhecimento mas que, por estranho que possa parecer, não foi muito inovadora.
Ora vejam:

"A ONU resolveu fazer uma grande pesquisa mundial.
A pergunta era:

"Por favor, diga honestamente, qual a sua opinião sobre a escassez de alimentos no resto do mundo."

O resultado foi desastroso.

"Os europeus do norte não entenderam o que é "escassez"."
- Se fossem europeus cá do sul sabiam bem o que é o fenómeno da escassez.

"Os africanos não sabiam o que era "alimentos"."
- Alguns africanos, os mais poderosos, também não sabem o que é esse conceito de ajudar o próximo

"Os espanhóis não sabiam o significado de "por favor"."
- Os espanhóis, infelizmente são assim, não é surpresa nenhuma - basta passar umas férias num sítio qualquer que tenha lá espanhóis para saber que para eles, boas maneiras ou educação é sempre brindado por um "No comprendo!"

"Os norte-americanos perguntaram o significado de "o resto do mundo"."
- North Americans.. Existem algumas excepções mas a boa maioria é tal e qual o bom do Mr. Bush....

"Os cubanos estranharam e pediram maiores explicações sobre "opinião"."
- Em Cuba, isso de ter muitas opiniões é uma perda de tempo. Sejam feitos mais charutos para o Fidel e pode ser que um dia eles possam saber mais sobre essa coisa de ter opinião.

"E o parlamento português ainda está a debater o que significa "diga honestamente"

- É melhor ser cubana neste ponto senão....

A raça humana é muito complicada, não acham?
Uma boa semana para todos vós!

Sem comentários: