Número total de visualizações de página

quinta-feira, janeiro 13, 2005

Consegui!!!

Saudações caros amigos leitores e comentadores do meu humilde bl0g!

Pois é meus amigos, ando com uma verdadeira crise criativa e esta nossa vida política portuguesa não está nada de jeito para eu comentar.
Estar até está, eu é que não estou com muita paciência para comentar nada mas ando a preparar um 'post eleitoral'.
Intrigados?
Não me vou candidatar a Primeira-Ministra porque já basta ter meia-dúzia de cromos contra mim quanto mais ter o país todo contra.

Hoje vou partilhar convosco como eu venci um medo, pavoroso que tinha:
O Dentista!!

Então reza a história, que aqui a vossa amiga quando era pequenina tinha uma dentista má!
Sim a mulher devia ser especializada em tortura pelo próprio Marquis de Sade!
E eu era muito pequenina mas lembro-me bem como ela arrancou quase 'a frio' 2 molares.
Até parecia que a minha bochecha vinha atrás do dente.
Entretanto entrei num período em que passei a não frequentar o consultório daquela sapateira, sem desmérito aos profissionais dessa grande e nobre actividade, quase extinta em Portugal - os Sapateiros!
Felizmente a mulher foi para a pré-reforma, ou foi afastada, não sei, nem quero saber, mas não voltei a ver tal figura, nem sinto saudades!

Passados uns tempos valentes, voltei a frequentar um dentista.
É sinistro uma pessoa passar anos sem visitar um dentista, as pessoas, por melhor que tratem os dentes, precisam sempre de uma limpeza.

E encontrei o meu primeiro Dentista.
Aquele senhor era mesmo Dentista com 'D' grande.
Tratou-me bem, arranjou bem os dentes isso tudo com eficiência e profisionalismo.
Mas é claro que com o trauma todo que eu tinha a primeira coisa que eu lhe dizia quando via a broca era:
- Anestesia se faz favor! Eu não tenho medo de agulhas!
E ele fazia-me a vontade.
Passados uns anos o senhor Dentista divorciou-se e foi morar para o Algarve.
Mais um período sem dentista....

Depois encontrei uma aprendiz de sapateira mas não era tão requintada como a primeira.. para meu bem!!
Mesmo assim deu para elaborar a seguinte teoria:

- Se pretende ser bem tratado, escolha um dentista, uma dentista é uma escolha errada, a menos que seja muito masoquista!

Esta teoria foi baseada no novo trauma que a menina me causou.

Ultimamente (há 6 anos) andava a criar coragem para ir a um Dentista.
Mas toda a gente me recomendava mulheres e diziam que a minha teoria era só uma desculpa para não pôr os pés num consultório.
Felizmente nunca tive nenhuma dor de dentes, também cuido da minha higiene dentária senão...
As pessoas que me conhecem sabem bem o 'arsenal' que trago sempre na mala.
Desde pastilhas, a rebuçados e chocolates, há de tudo, para todos os gostos.

Mas hoje foi o dia de eu encontrar um DENTISTA a sério!
O dr. Gaspar é um profissional excelente.
Trata dos dentes de parte da minha familia (tios, tia, primo, prima) e todos me recomendaram o senhor. E todos me falavam maravilhas do senhor dentista.
Hoje foi o dia de eu testemunhar, com os meus dentes, o excelente DENTISTA que o senhor é.

Para as mentes mais apressadas passo a explicar.
Não é o Brad Pitt vestido de dentista.
O senhor Gaspar tem os seus 60 anos e tem uma longa carreira como dentista. E os seus longos anos a exercer o ofício garantem-lhe a qualidade.
Fiz uma limpeza, tratei uma cárie e troquei os chumbos todos e não precisei sequer de uma anestesia, coisa impossível à umas década atrás. O homem é fabuloso!
Recomendo a todos os leitores da zona de Lisboa que tenham medo de dentistas como eu tive.
Depois sempre podem dizer que vieram da parte da menina que tinha medo dos dentistas que ele sabe quem é ;)

Tou sem paciência e sem criatividade para pegar no meu trabalho de pesquisa para o post eleitoral, mas tinha que vos contar esta minha pequena grande vitória sobre o Medo do Dentista.

Resto de boa semana e façam uma visita ao vosso dentista!

A vossa comentadora com dentes arranjadinhos,

Bina Ladina

Sem comentários: