Número total de visualizações de página

sexta-feira, agosto 31, 2007

10

O que é que têm em comum estas duas imagens?

Do lado esquerdo a falecida Diana de Gales, do lado direito o livro de Economia Internacional do professor Raposo Medeiros.

Nem assim?

... Isto já não me basta eu andar deprimida e não ter um único comentário de há 2 posts para cá e agora o meu mais fiel público não me sabe dizer o que é que a Diana tem a ver com a Economia Internacional...
O calor derreteu as ligações todas da malta...

Então aqui vai o momento do conto de embalar - mas não é pra embalar nada em plástico, ok?

Á muitos, muitos anos, corria o Verão tórrido do distante ano de 1997, estudava eu desesperadamente para o exame de Setembro da cadeira de Economia Internacional, também conhecida por "cadeirão" anual quase tão má como Comunidade Europeia :X

E estava eu dizendo..
Já mandava pelos olhos aquelas perfeitas anormalidades quando ligo a TV e vejo outra perfeita anormalidade pelas dimensões que estava a tomar - A Princesa Diana morreu!

É triste mas eu à 10 anos pensava:
A Diana morreu, a Madre Teresa também, e se eu não 'despacho' Economia em Setembro, não me vou sentir nada bem..

Era verdade, eu não podia perder tempo como o mundo inteiro que se fartou de carpir lágrimas de crocodilo e fazer reportagens especiais.. A verdade é que a mulherzinha estava a tentar viver a vidinha dela e um bando de intrometidos não a deixava em paz.

Agora passado 10 anos cai-me novamente este bando de cínicos a fazer documentários, especias e sei lá o quê mais...
Give it a rest people!!!

... o fixe disto é que eu safei Economia e ainda hoje tenho uma especial alergia a economia e seus derivados e o meu chefe adivinhem lá qual é a especialização do rapaz:
ECONOMIA

É karma meus amigos, é karma!

4 comentários:

NS disse...

Já é um abuso, já.

Sarcasm Blogger disse...

A menina não pode ficar tristinha, porque não deixam comentários ... Não esquece que estamos em época de férias ... :o)

** Hasta **

ME disse...

Ola amiga, quero te agradecer o apoio e o carinho.
Custa mesmo muito, e ainda ontem se foi embora, agora há que aguardar 3 meses para ele estar em casa com a familia 1 semana. A minha mãe passou a vida nisto, não sei como...
Vivemos num pais triste, e é muito triste termos de fazer o que os nossos pais e avos fizeram, ao fugir da ditadura, ao fugir da miseria... nós, passados 30 anos, temos de o fazer tb.

Beijinhos grandoes e muitos obrigado.

António Lisboa Gonçalves disse...

Realmente, o bom de tudo é que te livras-te do cadeirão!

Eu até sou fã dessa cadeira! lol

bjs