Número total de visualizações de página

terça-feira, dezembro 20, 2011

Tenham dó!!!!

Boas noites pessoal!!

O Natal é já no próximo fim-de-semana.. 
As prendas já tão feitas ou compradas, dependendo dos destinatários...

Receio que este seja o Natal mais triste de que me lembro..
Lembro-me de Natais pobres com poucas prendas mas nada disso interessava, havia alegria e muitos sorrisos mas este?!

Vai saber-me a pobreza, pobreza de espírito e tristeza na nossa alma.
Outros Natais houve que eu "reclamava" que não poderia passar com o meu namorado, mas lá estaria ele ao fim do dia de Natal Criancices..

No fundo sabia que desde a véspera até ao dia em si, teria de fazer a comida e ajudar a minha mãe na cozinha até porque a minha avó paterna ia passar lá a "consoada" e ela tinha de ver tudo perfeito. Eu, a minha mãe e a minha avó materna éramos humanas, por isso, "quem não gosta, não come!!"

Um dos Natais lembro-me perfeitamente de ter convidado o pessoal todo a ir prá sala porque eu é que ia fazer as coisinhas. E lá estive, de phones nos ouvidos, ao som do "Back to Black" da Amy Winehouse e ficou tudo bem :)
Ninguém reclamou e o meu fabuloso Bacalhau com Natas destronou o famigerado Bacalhau Cozido com grelos!
Foi provavelmente o meu último ano bom..
A partir daí foi o descalabro.

Novamente despedida e.. com os meus pais num verdadeiro caos.
A minha mãe, felizmente, lá teve alta do "Cura Cabral" mas nesse mesmo dia que quase dei porrada numa enfermeira (que teimava tirar sangue da minha mãe até ao desespero, mas isso foi só o começo!) 
Finalmente saímos do Hospital e nesse mesmo fim do dia, fui ver o lar para onde ela irá depois das festas :(

Qualquer lar é um sítio cheio de velhinhos mas.. A minha mãe não é velhinha!
Ainda faltava muito tempo para ela ir para lá!
E o meu pai?
Vai ficar lá em casa sozinho?
Certo que ele não é um miúdo mas..  Não está certo!!
Ele não devia ser separado assim da minha mãe!!
Nunca julguei que o Natal fosse assim tão triste, ou tivesse tanto sabor a despedida :(

E a minha dita família?
Onde é que ela está?
Demasiado ocupada para se lembrar de nós..
... E reza a história que quando eu fazia anos (e era pequenina) a casa enchia-se com esses.. abutres!

Mas diz que é Natal.. sempre pode acontecer um milagre.
Só não sei onde :(

2 comentários:

mfc disse...

Deixo-te aqui um grande sorriso...
Todos precisamos deles, mesmo eu que não gosto de natais!

Sofia disse...

Não sei porquê mas é sempre nestas alturas que acontecem as coisas mais tristes e que nos deixam sempre marcadas!
Nunca percas a esperança de um milagre, às vezes o importante é acreditar.
Deixo-te um enorme beijinho e muita força!