Número total de visualizações de página

quarta-feira, dezembro 22, 2004

Dúvidas natalícias

Nestes dias frios que precedem o Natal, sou assaltada por umas dúvidas.
Se existe coisa que me irrita solenemente, é a hipocrisia.
Nesta data parece que é o que mais se usa, isso e os pais natal a subir pelas paredes .
Durante os restantes 11 meses do ano, temos os mentirosos profissionais, os políticos, por exemplo.
Agora aparece uma nova gama de pessoas que gostam de parecer muito boazinhas
Eu sou igual durante todo o ano.
Quem gosta, gosta, quem não gosta que o diga, se for capaz!
Não preciso de um calendário para dar a mão a quem precisa, não careço de uma igreja para me ensinar a proceder bem com as outras pessoas, não é um Deus “castigador” que me impede de fazer o que acho correcto, não preciso de coisas exteriores para conduzir a minha vida.

Mas nesta quadra, só vejo por aí frases feitas, sem qualquer pingo de verdade.
Oiço por todo o lado desejos de Bom Natal porque até fica bem, e durante o resto do ano, ninguém sequer sorri e diz “obrigado” a quem nos serve a nossa refeição.

Mas ao que parece, eu estou errada, e assim é que sobrevive no mundo.
Ser sacana, arrogante, olhar só para o umbigo e descartar quem não nos favorece, ou beneficia.
Parece que é mesmo assim que se sobrevive.

E como é que se VIVE?

Sem comentários: