Número total de visualizações de página

quarta-feira, novembro 16, 2005

Mais um dia...

... mais uma notícia desesperante.
O Desemprego voltou a subir a níveis como já não se viam há mais de meia dúzia de anos. Ao que consta agora estamos com uma taxa de 7.7%
Que situação miserável a deste país.
O desemprego aumenta, a demência também não fica muito atrás e nós temos que "aguentar e cara alegre".
"Vieira da Silva (ministro do Trabalho) confessou ainda que inverter a tendência de aumento do desemprego não vai ser tarefa fácil."
Pudera que haja tanta gente a dar em doida.
Para ele é difícil inverter esta tendência.
Olhem se ele pertencesse a uma típica família portuguesa em que um dos cônjuges fica no desemprego e o que tem emprego recebe uns fracos €500?
Será que seria motivação suficiente para arquitectar uma solução para este problema?

"Alentejo (9,4 por cento), Lisboa (9,0 por cento) e o Norte (8,8 por cento) foram as regiões com maior taxa de desemprego."

Não faz mal. Nada disto interessa porque enquanto houver novelas e futebol o povo não resmunga. Afinal há que manter o povo.
Quais mudança de Governo, quais mudança de Presidente!
Sejam bem-vindos ao mundo da crise globalizada e ao país onde todos podem ser candidatos a presidentes, até lunáticos senis!
Ninguém pode apontar Portugal como sendo um país conservador e fechado.
Nós somos muito liberais e damos oportunidade a todos, não interessa a idade!....
Alguém pára este filme?
É que eu só ando cá há uns tempinhos e já estou

Sem comentários: