Número total de visualizações de página

segunda-feira, novembro 15, 2004

Fia-te na Virgem e não corras!

Saudações meus queridos e poucos amigos leitores e comentadores do blog da desgraça!

Hoje foi um daqueles dias cansativos que adorava que chegasse ao fim DEPRESSA!

Começou logo de manhã com uma tentativa de entrevista fracassada.
Pior que isso. Não cheguei a ter a entrevista. “Porquê?” indagam vocês…

Porque as pessoas têm uma noção, diferente da minha, do conceito de organização.
Geralmente, quando eu contactava um colega, e lhe dizia que ele tinha uma reunião marcada no dia X à hora Y, a dita reunião acontecia na data e hora marcada.
Eu achava que isto era ser organizada. Mas afinal parece que eu estou errada.

Chego ao local da entrevista 5 minutos antes para não cair no erro de chegar atrasada, e também para não pecar por chegar muito antes – caso não saibam, isso é avaliado como má gestão de tempo por parte do futuro colaborador.
Qual não é o meu grande espanto quando me dizem que não sabem de nada sobre a realização de entrevistas naquele dia, até porque as pessoas que as realizam estão todas ausentes.

Não estão bem a ver a minha cara.
Eu passei do meu sorriso simpático para a maior tromba deste mundo!

"- Eu não entendo, contactaram-me na sexta-feira a marcar a entrevista para segunda-feira às 10 horas, e afinal venho aqui perder o meu tempo?
- A menina desculpe mas isto não sou eu que trato destas coisas, foi a sra. Dra Não Sei Quantas que fez os telifonemas e não se deve ter alembrado que iam todos para o curso hoje.."

A pobre senhora tentava desculpar à força toda a instituição mas, muito sinceramente, eu fiquei com o mínimo de vontade de trabalhar com um bando de desorganizados, mas como me disse um amigo: Fazes lá falta para organizar a malta.

Para ajudar a festa, e aproveitando o meu mau-humor, o meu chefe, encarregou-me de fazer todo o trabalho externo.
Onde eu trabalhava existia um rapazinho que fazia o que eu fiz durante o dia de hoje.
Mas não faz mal, enquanto houver perninhas para andar, eu ando, eu até gosto!

Mudando de assunto, não sou só eu com paranóias e com teorias da conspiração sobre a morte do Arafat.
O médico pessoal dele também veio exigir a autópsia para determinar a verdadeira causa de morte. Eu tenho dedo para estas coisas, vocês é que não acreditavam.
Reconheço uma boa aldrabice quando vejo uma.

Isso e fiquei deveras esperançada com o congresso do partido do governo.
Eu estou a falar do partido maior não estou a falar do partido parasita que lhes garante a maioria.
…E disse o senhor líder – Já chega de sacrifícios, está na hora do país começar a crescer!
Fabuloso.

O que é que ele queria dizer mesmo?
Vão livrar-se dos parasitas?
Vão dar uma carga de porrada ao B. Feliz e exigir-lhe menos pressão sobre a classe média?
Ou será que foi só mais uma daquelas declarações demagógicas que fica bem dizer quando as eleições estão mesmo aí a chegar?

Provavelmente o melhor a fazer é seguir a sábia voz do povo:
Fia-te na Virgem e não corras!

Sem comentários: